5 dicas de lingerie para levar na mala de maternidade

5 dicas de lingerie para levar na mala de maternidade
11/5/2018
14:42
714

Durante o período da gestação, a mulher possui uma série de dúvidas que vão desde questões relacionadas ao bebê até o parto. Tanto a gravidez quanto seus mínimos detalhes são simples para as mulheres que já tiveram filhos; entretanto, no caso das mamães de primeira viagem, a situação é bem diferente. São dúvidas relacionadas aos preparativos do bebê e da própria mãe, no decorrer e após a gestação.

Neste post, nós vamos falar sobre a lingerie, peça indispensável para a mala que será levada à maternidade. Embora a mulher faça uso de poucas vestes durante a sua internação, já que ela passa boa parte do tempo com a camisola do hospital, a lingerie deve não apenas ser levada, mas cuidadosamente escolhida. Confira a seguir nossas 5 dicas de peças de calcinhas e sutiãs que devem ser incluídas na mala de maternidade.

 

Dicas de sutiã para levar na maternidade

1. Sutiã de amamentação para partos normais: eis uma informação que poucas mães de primeira viagem conhecem. Ao contrário do que muitas gestantes pensam, o sutiã de amamentação só será necessário dependendo do tipo de parto escolhido pela mulher. As mamães que decidirem pelo parto normal devem optar por modelos de sutiãs de amamentação reforçados e com forro. Isso porque, após o nascimento do bebê, o leite já estará descendo.

2. Sutiã sem bojo e arames para partos cesáreas: já aquelas que decidirem pela cesárea, existe a possibilidade delas não fazerem uso de sutiãs de amamentação, já que o leite só ficará disponível após 48 horas da anestesia – isso varia de uma mulher para outra. Neste caso, as melhores escolhas são os sutiãs com pouca sustentação, sem bojo e arames, para proporcionar maior conforto.

3. Sutiã com numeração maior: Independente do parto escolhido pela mulher, ela deverá levar em sua mala sutiãs com numeração maior que a sua, no mínimo um número superior ao modelo utilizado durante a gestação, já que neste período o leite descerá em maior proporção.

 

Dicas de calcinhas para levar na maternidade

Assim como os sutiãs, as calcinhas também passam por modificações. Portanto, modelos justos feitos de lycra ou renda estão fora de cogitação. Para a maternidade, principalmente após as 24 horas seguintes do nascimento do bebê, a lingerie deve ser confortável.

Algumas mães costumam levar cintas abdominais para apertar a região, mas isso não é nenhuma regra. Contudo, durante as primeiras horas pós-parto, o recomendado são peças confortáveis, já que a mulher acabou de sair de uma situação delicada.

1. Calcinhas de algodão e de cintura alta: As mamães que escolheram o parto normal devem dar preferência às calcinhas grandes e de cintura alta, que cobrem toda a área. A peça deve ser de algodão e um pouco apertada, para oferecer sustentação ao pós-parto.

2. Calcinhas com laterais largas e cintura alta: No caso das mulheres que decidiram pelo parto cesárea, elas devem utilizar calcinhas que possuam laterais largas e cintura alta. A cintura alta é de extrema importância, pois calcinhas baixas correm o risco de pegar na cicatriz da operação e assim gerar desconforto.

 

Estas são as nossas dicas para as futuras mamães que estão se preparando para o nascimento de seus bebês e o pós-parto. Trata-se de um momento delicado e que requer muita atenção e conforto.

Gostou deste post? Então não deixe de conferir as demais publicações do blog. Aproveite e visite nossas redes sociais. A DelRio está presente no Facebook: /modadelrio e Instagram: @modadelrio

  Stella Nina McCartney nasceu em 13 de setembro de 1971, em Londres, Inglaterra, desde cedo demonstrou afinidades...
Toda mulher merece se sentir linda, independente da data de nascimento que consta na identidade!!! Não precisamos...